Guia completo de como planejar uma viagem para o Atacama

Guia completo de como planejar uma viagem para o Atacama

Olá pessoal, hoje começo a falar sobre essa super viagem que estava no meu TOP 10, o Atacama!!

Muitas vezes quem deseja fazer essa viagem pensa que ela é complicada! Digo isso porque eu mesma acabei prorrogando bastante esses destinos e hoje vejo que minhas preocupações foram demais…
Essa historia de deserto mais árido do mundo assusta, mas abra seu coração e dê uma chance de se surpreender!!
Nesse Guia do Atacama eu vou explicar tudo que você precisa saber para planejar sua viagem para esse lugar sensacional!

Como chegar?

De avião:

A maneira mais fácil e rápida é de avião. Muitas cidades brasileiras têm voos diretos para Santiago que será sua primeira parada.
De lá você pegará outro voo para o aeroporto de Calama, que é a base mais próxima com aeroporto.

Daí então finalmente você pegará um transfer para a cidade de San Pedro de Atacama!!

Os voos para Calama costumam ter preços melhores nas companhias low coast, como a Sky Airline (foi a que usei) e a JetSmart.

Já em relação ao transfer, os preços acabam sendo tabelados (20.000 pesos ida e volta) e você pode fechar com a Transfer Pampa (o que eu usei) ou Transfer Licancabur.

De ônibus:

É possível chegar de ônibus pela empresa chilena Tur Bus partindo de Santiago, ou até mesmo outras cidades chilenas até Calama. Porém é uma viagem bem longa, dura em torno de 12 horas.

Qual a melhor época?

Você pode planejar sua viagem para o Atacama em qualquer época, porém vamos às considerações:

Dezembro, Janeiro e Fevereiro

Começando pelos meses que podem trazer chuva para o deserto!! Bem, dezembro nem tanto.. Você normalmente vai pegar tempo muito bom e quente. Agora janeiro já existe maior possibilidade de chuva e fevereiro é quando realmente há grandes chances de pegar chuva, muita chuva, onde o que pode acontecer é o fenômeno meteorológico chamado de inverno altiplânico, que começa metade de janeiro e vai até metade de março.

Março, Abril, Maio

Considerados bons meses para visitar o Atacama, onde as temperaturas costumam ser agradáveis durante o dia e mais fresquinho a noite. Em março ainda pode haver alguma chuva, mas não é comum.

Junho, Julho e Agosto

Aqui o frio pega!! Esses são os meses de inverno no Atacama! Se preparem para colocar mais roupa na mala para fazer os passeios com maior altitude e pegar temperaturas negativas… Mas também poderá ver as montanhas branquinhas!

Setembro, Outubro e Novembro

São meses bastante recomendados para sua viagem, assim como março, abril e maio. As temperaturas ficam mais amenas com poucas variações. Mas considere pegar um friozinho maior em setembro, além de bastante vento assim como em outubro.

Eu cheguei lá no final de novembro e fiquei até dia 06 de dezembro e posso falar por experiência própria que essa época foi perfeita!! Os dias eram quentes, as noites eram frescas e o céu estava sempre sensacional! Claro que nos passeios de maior altitude pegamos frio, mas isso não tem como evitar.. 😉

Quantos dias para o Atacama?

Já vou avisando, não da vontade de ir embora!!
Bem, eu tive exatamente 4 dias e meio para os passeios!! Fiz bastante coisa? Fiz. Ficaria mais? Com toda certeza!!

Eu sugiro uma semana completa para conhecer as coisas com calma e mesmo assim não vai zerar.

E a altitude?

Bem, para começar, não existe uma regra de como seu corpo vai reagir à altitude!! É de cada um mesmo.. Uns se acostumam fácil, outros passam mal. Posso dizer com certeza porque eu mesma fiquei super de boa e minha amiga que estava comigo passou mal quase todos os dias.

O ideal é que você faça uma ambientação antes de sair fazendo os passeios mais altos.. A cidade de San Pedro de Atacama já fica na altitude, a 2.400m! Ou seja, já é um ponto para seu corpo acostumar.

As dicas para ajudar a prevenir o soroche (mal da montanha) são:

    • Beba muita água, de dois a três litros por dia.
    • Faça movimentos suaves, não ande correndo e respeite os limites do seu corpo.
    • Beba chá de coca, não se preocupe, não é ilegal e nem tem efeito alucinante. Mastigar as folhinhas também ajuda. A coca ajuda a aliviar náuseas e dores de cabeça.
    • Coma comidas leves.. Principalmente no dia anterior aos passeios mais altos. Evite muito sal também. E carne vermelha.
    • Não beba e evite o cigarro. A ingestão de álcool acelera a desidratação e o cigarro vai atrapalhar ainda mais a sua respiração. Claro que não precisa cortar total, mas nos dias anteriores aos passeios em maior altitude sim, pode cortar!!
    • Existem pílulas que ajudam a combater o mal da altitude e que normalmente começa a tomar antes da viagem. O composto é acetazolamida (Diamox é um dos nossos remédios para isso), mas cuidado com alergias e será necessário se hidratar ainda mais, já é possui efeito diurético.

Preciso de Visto e passaporte?

Não! Para as duas perguntas!

O que você vai precisar é ter sua identidade (RG) válida por 10 anos.

Preciso fazer seguro de viagem?

Não é obrigatório como na Europa, mas sugiro que faça sim!!
Estamos tratando de uma viagem que exige muito do seu corpo, então é sempre melhor prevenir do que remediar.

Eu sempre fecho com a Mondial e indico!! Por aqui você pode reservar e ainda tem desconto!

O que levar de dinheiro?

Essa é sempre uma questão complicadinha.. Mas a sugestão é: leve dólares e real para trocar lá em San Pedro. Digo os dois porque as vezes um vale mais a pena que o outro, já que perdemos na conversão do dólar, mas na maioria das vezes ele é mais valorizado.

Contando minha experiência, quando cheguei lá não estava valendo a pena dólar, no final da viagem já passou a valer. Então tudo depende da variação cambial.

Mas não é necessário trocar pesos chilenos no Brasil nem no aeroporto. Na hora de pagar o transfer, é aceito dólar ou cartão de crédito.

Agora se for para Santiago antes de San Pedro, vale a pena trocar dinheiro lá (Rua Agustinas, no Centro). Em San Pedro o point das casas de câmbio é na Rua Toconao, próxima a Rua Caracoles.

Em relação à cartão de crédito, alguns lugares aceitam, mas para pagar as entradas nos parques só pode ser em dinheiro vivo e na moeda local, o peso chileno. Agora as compras nas feirinhas, muitas vezes aceitam dólar, mas é também mais garantido o peso chileno.

Saiba quanto custa viajar para o Atacama e Salar de Uyuni! Guia de gastos!

Cotações em San Pedro Dezembro/2017: 
1 real = 185 Pesos Chilenos
1 dólar = 640 Pesos Chilenos

Quais são os passeios imperdíveis?

Olha, o que não falta no Atacama é coisa pra fazer!! E se você tiver tempo certamente poderá ficar entretido por dias.

Fechei todos os passeios com a empresa Ayllu Atacama e recomendo de olhos fechados!! Eles são ma empresa especializada em brasileiros, são sérios e muito dedicados em proporcionar a melhor experiência do mundo para as pessoas!! Você vê a qualidade do serviço em todos os detalhes, desde dos veículos novos, a alimentação de primeira, os guias super prestativos e os passeios sendo feitos em horários diferenciados para que você não chegue junto com a multidão e que possa aproveitar melhor!

Eu escrevi um post detalhando cada passeio, é só clicar no nome do passeio para abrir os artigos! Essa foi a ordem de passeios que mais gostei:

Salar de Tara – Muita gente diz que é perrengue, e até mesmo que não vale a pena, mas sinceramente foi o que mais gostei! É cansativo sim, é longe, é alto (passamos por pontos de quase 5 mil metros de altitude), mas você se sente literalmente no meio do deserto! E as paisagens no caminho são lindas, como em todos os passeios né!

Piedras Rojas + Lagunas Altiplânicas – Impossível não se apaixonar… As paisagens são como pinturas, algo surreal e nenhuma foto é capaz de descrever. É imperdível, sem dúvidas!

Laguna Cejar – A união perfeita de uma atração com a melhor paisagem possível! Achei o passeio bem divertido. É uma delícia boiar nessa linda Laguna que tem mais sal que o Mar Morto!! E o vulcão Licancabur no fundo é coisa de cinema! Só a entrada na reserva que é bastante salgada e algo a se considerar, mas pra mim valeu.

Geysers el Tatio – Uma experiência incrível. A gente chega lá bem cedinho e ver aquele monte de fumaça saindo do chão é lindo! Por aqui não temos nada parecido, então acho que vale muito a pena ver algo tão diferente, sem contar que nosso caminho até lá foi sensacional. Acho que foi o caminho mais lindo da viagem!

Lagunas Escondidas – Já imaginou se deparar com lagoas cristalinas no meio do deserto? É loucura.. parece que você está em outro planeta. A cor da água de algumas Lagunas é inacreditável. E mais uma vez, você poderá ter a experiência de boiar livremente. 2 das Lagunas Escondidas são liberadas para banho!

É necessário reservar antes?

Se você é como eu que gosta de se programar certinho antes e não precisar ficar perdendo tempo no local, sim, reserve aqui do Brasil. No caso da Ayllu Atacama você fecha todos os passeios por email e em português. É preciso fazer um deposito de 20% do valor total dos passeios, mas não se preocupe porque faz a transferência para uma conta brasileira. Então você chega lá com tudo garantido e sem preocupações.

Você tem a opção de chegar em San Pedro e caçar uma agência para conseguir preços mais baratos, mas sinceramente acho um pouco arriscado, porque é comum de muitas agencias só saírem para os passeios se fecharem um número grande de pessoas, e acontece que caso não feche, eles te realocam em outra agencia e você não vai ter nem mais a escolha de ter escolhido.

Em viagens como Atacama, Salar de Uyuni, Egito, etc, é importante prezar por uma boa agencia para você aproveitar a experiência sem passar por perrengues que estraguem sua viagem. Na minha opinião, é um investimento que vale a pena.

E querem saber de uma coisa boa?? Os leitores do Mochila, Câmera e Ação têm desconto com a Ayllu Atacama!! Quando for fazer seu orçamento, fala com eles que viu aqui no Blog e ganhe desconto!!

Como arrumar a mala para o Atacama?

Ahhh essa é uma pergunta clássica que tira o sono de muita gente!! E não é para menos… Arrumar a mala para um lugar com temperaturas extremas não é uma tarefa fácil!

Mas vou ajudar, mostrando exatamente tudo que levei para minha viagem realizada no final de novembro e começo de dezembro, contando 11 dias (2 dias ida e volta em aeroporto, 5 dias no Atacama, 3 dias na Bolívia, 1 dia em Santiago).

Roupas: 

1 casaco comprido de pluma com capuz
1 casaco leve com capuz
4 cardigans
2 blusas fleece com gola
1 blusa comprida básica
1 blusa segunda pele
7 camisetas (2 eu não usei)
2 calças leggings
1 calça jeans preta
1 calça segunda pele
1 short
1 pijama
2 bodies

Acessórios: 

1 cachecol
2 lenços
1 pashmina
1 touca
1 par de luvas
1 polaina (não usei)
8 meias compridas
2 meias calça
1 toalha de banho
1 chapéu
1 mochila pequena

Calçados:

1 tênis (você pode optar pela bota de trekking)
1 botinha comum
1 chinelo

Itens essenciais: 

Protetor labial / manteiga de cacau
Protetor solar para rosto e corpo
Hidratante corporal e facial
Creme hidratante para o cabelo
Lenço umedecido
Carregador portátil para celular
Benjamim (T)
Cadeado pequeno e grande

Farmacinha: 

Febre e dor (Paracetamol)
Dor no corpo (Dorflex) *foi o que salvava da dor de cabeça
Band Aid
Azia (Sonrisal)
Gripe e resfriado (Cinegripe)
Pastilha para dor de garganta
Soro fisiológico para o nariz (Neosoro)
Enjôo (Dramin)
Colírio
Repositor de flora intestinal (Floratil)

Lembrando que fui numa época quente, se você for no inverno, será necessário levar roupas para frio extremo!!

Qual é o fuso horário de lá?

Então, no nosso horário de verão, o fuso horário do Chile é 1 hora a menos que o horário de Brasília. Já fora do horário de verão, os relógios ficam iguaizinhos.

Como é a internet no Atacama?

Para quem gosta de ficar conectado certamente surge essa dúvida. Eu levei o chip da Travel Mobile e foi bem útil em alguns momentos.

Em San Pedro pegou muito bem, mas quando começava a se afastar na estrada e durante os passeios, não pegava. E não tem jeito, até o celular dos guias parava de funcionar. Mas isso é ótimo na minha opinião, assim você curte só o momento mesmo, sem se preocupar em ficar na internet.

Agora eu achei o WiFi do meu hostel excelente e em alguns restaurantes você consegue internet também. Além da praça principal de San Pedro ter WiFi liberada!

De qualquer forma eu indico o chip da Travel Mobile e você pode conhecer os planos e comprar por aqui! Mas para uma viagem para o Atacama, sinceramente não vejo tanta necessidade.

Onde ficar no Atacama? 

A cidade de San Pedro de Atacama é a base para todas as suas visitas durante essa viagem, então claro que você vai se hospedar lá! E não é porque é uma cidade pequena que não tenha opções… Têm muitas! Para todos os gostos e bolsos. Então vamos por partes.

Para quem está com o orçamento apertado, sugiro ficar em hostel. São simples, mas pela experiência que eu mesma tive, achei muito de boa.

Recomendo a La Casa de Matilde. Fiquei 5 noites lá e não tivemos problema nenhum, pelo contrário, fomos muito bem tratadas!
Outras opções que pesquisei na mesma pegada foram os: Mama Tierra, Hostal Lackuntur e Campo Base.
Casa Matilde – Lackuntur (foto divulgação)
Para quem quer mais conforto, mas sem gastar uma fortuna, pelas recomendações que li, as sugestões são La Casa de Don Tomás, Takha Takha e Pueblo de Tierra.
Pueblo de Tierra – Don Tomás (fotos divulgação)
Agora se você está procurando algo mais luxuoso, de repente para comemoração de ocasiões especiais, a sugestão são o Alto Atacama, onde a hospedagem é no meio do deserto com tudo incluso, até mesmo os passeios, e o Tierra Atacama, que também oferece os mesmos serviços.
Alto Atacama – Tierra Atacama (fotos divulgação)

E as comprinhas?

Tenho que avisar que não é barato comprar no Atacama, principalmente se for para a Bolívia, deixe para comprar lá. Agora em relação a Santiago, não achei que estavam diferentes os preços não.

No centrinho de San Pedro têm muitas lojas de artesanato, é de enlouquecer! Se quiser bastante opção de escolha, vá à feira que fica numa ruela em frente à Praça principal. Mas de qualquer forma, achamos alguns preços melhores em lojas paralelas a Caracoles.

Como se locomover?

Essa é uma pergunta que não precisa de preocupação… Em San Pedro você faz tudo a pé! A cidade é pequena e mesmo que fique hospedado um pouco distante da Caracoles, você não vai andar mais do que 15 minutos.

E para os passeios, as agencias buscam e deixam de volta onde estiver hospedado.

Onde comer em San Pedro?

Mais uma vez tem para todos os gostos e bolsos! Então aí vão algumas opções:

Los Carritos
Para quem quer economizar de verdade essa é a melhor opção. Na verdade os Carritos são um local onde existem varias barraquinhas vendendo comida bem simples e barata. Em média o menu custa 3.000 pesos com direito a entrada e prato principal. Achei bem gostosinho, com jeito de comida caseira.

Aura Andina
O único restaurante no estilo self servisse. A média dos pratos fica em torno de 4.900 pesos e tem opção vegetariana.

Roots
É uma cafeteria serve café da manhã completo por 5.000 pesos e tem opção de pizzas para fazer um lanche também.

Barros Café
Funciona como restaurante durante o dia com menu de entrada + prato principal por 5.900 pesos e à noite se transforma na pegada mais barzinho, com música ao vivo.

La Casona
No estilo mais sofisticado, com música e um menu de entrada + prato principal + sobremesa num valor médio de 10.000 pesos.

Bem é isso!! Espero que tenham gostado, e quem gostou compartilha com os amigos!! Assim você me ajuda a manter meu trabalho vivo!

Quem tiver alguma dúvida é só deixar um comentário que vou adorar ajudar!

Até logo pessoal, em breve com muito mais informações sobre esse destino que conquistou meu coração!

Outros posts sobre o Chile:
↠ Planeje sua viagem com o Mochila, Câmera e Ação ↞
↠ Precisando de ajuda para programar seu intercâmbio sem contratar agência? Eu posso te ajudar!
↠ Já tem seguro de viagem? Cote seu seguro com a Mondial e aproveite as promoções especiais!
↠ Reserve sua estadia pelo Booking através do Blog, você não paga nada além por isso! 
↠ Chegue no exterior com internet no seu celular com a Travel Mobile 
↠ Roteiros personalizados?? Pergunte-me como.

7 Comentários




  1. Adorei todas as dicas, inclusive a do seguro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.